SINDCLIN CONSEGUE APROVAÇÃO DA CONVENÇÃO COLETIVA RELATIVA A COVID-19 NO MINISTÉRIO DO TRABALHO

NOVO ENDEREÇO DA SEDE SINDCLIN – ATSB RECIFE
março 27, 2020
COMUNICAÇÃO AO MINISTÉRIO DA ECONOMIA
abril 9, 2020
Exibir tudo

SINDCLIN CONSEGUE APROVAÇÃO DA CONVENÇÃO COLETIVA RELATIVA A COVID-19 NO MINISTÉRIO DO TRABALHO

O SINDCLIN vem informar que a CCT (Convenção Coletiva do Trabalho) 2020/2020 específica Covid-19 foi registrada no dia 08/04/2020 com a MR014413/2020 e número de registro no MTE n.° PE000504/2020.

O SINDCLIN diante das dificuldades enfrentadas no Brasil e no mundo em relação à pandemia da Covid-19 celebrou a presente Convenção Coletiva com finalidade de garantir os postos de trabalho da nossa categoria. A Convenção celebrada regulamenta a MP 936/2020 e conquista também a manutenção dos direitos da Convenção 2019/2020 no que se refere a todos os direitos dos trabalhadores até 31/12/2020.

Ressalta ainda o sindicato profissional que garantimos também a data base da categoria (01/04/2020) não prejudicando as futuras negociações coletivas em momento oportuno, após a atual crise decorrente da pandemia.

Clique aqui e confira CCT na íntegra

Informativo CCT

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/.

Atenciosamente,

Luiz Marinho
Presidente SINDCLIN-ATSB

5 Comments

  1. Darcinete maciel Maciel disse:

    Parabéns, Não poderíamos esperar outra atitude do sindicato que luta pelos trabalhadores, foi por isso que eu Darcinete continuo a pagar o sindclin. DEUS abençoe vocês.

  2. Eliane Rodrigues de lima disse:

    Assinamos um contrato de trabalho para ser descontado 50% do salário e o governo vai pagar o restante os 50% e trabalhamos só 22 horas semanais e so recebemos passagem

  3. Paulo disse:

    Boa tarde! Nos casos de funcionários do grupo de risco, há algum impedimento legal sobre eles trabalharem? Tenho uma funcionária (auxiliar e secretária) gestante que voltará de férias na próxima semana, posso coloca-la para trabalhar? A mesma trabalhará com carga horária reduzida de 4h diárias. Aguardo retorno, obrigado!

  4. Wellington santos da paz disse:

    Bommmmmm dia gostaria de saber uma orientação jurídica. Estou em casa no sistema demissão provisória , neste período a imprensa pode me chamar para volta a trabalhar ou fica

  5. Hilkias de Almeida gomes disse:

    Boa noite! Tenho uma dúvida: eu tenho 72 anos sou aposentado mas contínuo trabalhando com carteira assinada. Caso a clínica resolva aderir ao modelo de redução de salarios, eu poderei participar? Uma vez que sou aposentado. E ao que sei as vantagens oferecidas pelo governo federal não contempla pessoas que recebam alguma vantagem previdenciária. Por favor, me esclareçam. Hilkias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *